Histórias de cozinheiras

SONY DSC

O livro de hoje é uma literatura gastronômica: O Avental – Histórias de Cozinheiras. Na verdade é um relato da Maria Bergamo sobre a história das cozinheiras que passaram em sua vida. Ela faz um resgate dessa memória desde os tempos de infância, quando morava com seus pais e dez irmãos numa cidade de Minas Gerais na década de 70 até os dias atuais, no qual ela desenvolve uma ligação com essas profissionais. No fim do livro ainda tem um capítulo com receitas caseiras.

SONY DSC

Maria Sylvia Montenegro Bergamo é uma assistente social e culinarista mineira. Ela vem de uma família grande, e por isso sempre precisaram de funcionárias para ajudar nos afazeres domésticos, especialmente na cozinha. O livro é uma coletânea de histórias de cozinheiras.

A autora organiza essas histórias como se fossem mini contos nos capítulos. Cada parágrafo conta alguma curiosidade das cozinheiras (ao todo são 23) com fatos irreverentes e engraçados. Os capítulos são bem pequenos, com uma linguagem simples e objetiva.

SONY DSC

Além de resgatar as lembranças dos tempos antigos no livro, também é possível conhecer a trajetória de vida da autora e entender sua paixão por esse universo gastronômico. Quando estudou serviço social, a Maria Bergamo estagiou num projeto que prestava assistencia às cozinheiras. Mais tarde quando decidiu cursar gastronomia, ela conciliou mais uma vez o ofício e iniciou um projeto de ensinar técnicas culinárias a domicílio, um serviço oferecido para melhorar o cardápio das casas que tinham cozinheiras.

Na segunda parte, um caderno de receitas faz a felicidade de quem gosta de cozinhar, especialmente comida caseira. São 77 receitas de todos os estilos e para todos os gostos, tendo inclusive dicas de preparação. A única parte que deixa a desejar é a falta de imagens ilustrativas ou fotos dos pratos.

 

Posts Relacionados

Comentários via Facebook

Publicado pelo gastrônomo

Deixe uma resposta