Um pedaço da Itália em Natal

SONY DSC

Comer pizza é uma tradição que se mantém viva em qualquer lugar do mundo. Há quem diga que os egípcios inventaram a massa, mas outros afirmam que foram os gregos; contudo, todos os povos reconhecem que na Itália ela se aprimorou e se popularizou como conhecemos hoje. Na cidade do sol a tradição original permanece viva e ganha sabor pela mãos do pizzaiolo Piero Monti, um italiano que além de ser apaixonado por pizza é encantado pelo Brasil e por Natal, especialmente pelo verão de 10 meses ao ano, conforme fez questão de destacar. Ele comanda a pizzaria italiana e calzoneria il Tempio, em Ponta Negra, no qual é servida a legítima pizza italiana, preparada com massas especiais, molho caseiro e ingredientes secretos.

O pizzaiolo Piero Monti, da il Tempio Calzoneria e Pizzaria Italiana, abriu as portas de sua cozinha para bater um papo sobre a tradição da pizza italiana.

O pizzaiolo Piero Monti, da il Tempio Calzoneria e Pizzaria Italiana, abriu as portas de sua cozinha para esclarecer dúvidas e mostrar o preparo da legítima pizza italiana.

Qual a diferença da pizza italiana para as demais pizzas?

Na Itália tem diferentes tipos de Pizza. Se vai em Nápole tem uma pizza com a borda mais grossa e a massa mais grossa também; se vai em Roma, a Pizza é bem fininha, pouca borda e fina. E na minha cidade, Tarantina, que está bem no meio delas duas, de frente pro mar, é uma mescla das duas coisas. Então a diferença está no estilo da comida, cada cidade e cada restaurante tem sua pizza, seu vinho, sua massa.

Como a pizza era feita antigamente e como ela vem sendo preparada hoje em dia?

Antigamente a pizza era sem fermento, então ficava bem fininha. Era só água, farinha, azeite e sal. Quando surgiu o fermento começaram a fazer a pizza com fermentação, com tempo de crescimento de massa. Aqui trabalho com forno a gás. Na Itália, no curso que fiz, era forno elétrico, forno a gás e forno a lenha, aprendemos a fazer três tipos de massa. Na pedra é um tipo particular de massa, com quantidade x de farinha, x disso, x de outro; se vai fazer a pizza na forma as quantidades são diferentes. E também tem a pizza na pá que é outro tipo de massa. Por enquanto aqui é uma novidade a massa com carvão vegetal.

Como surgiu a ideia de uma pizza com carvão vegetal?

Surgiu na Itália três anos atrás, [eu] estava trabalhando numa pizzaria, e estudando, foi se informando sobre carvão vegetal, procurando informações. O carvão é adicionado na massa, junto com a farinha e fica uma bola preta, mas muito bom, o gosto não muda nada. Ele ajuda na função do intestino, facilita a digestão e tem várias propriedades que ajudam o corpo a digerir.

Quais ingredientes não podem faltar numa pizza?

Água, farinha, fermento, sal e azeite, são a base da massa. Acho que tem alguns segredos mas eu não vou dizer, né, se não não será mais um segredo. Mas é amor e carinho. O segredo é a fermentação da massa, o lugar onde deixa fermentar. Aqui a massa fermenta 24h, fiz ontem a massa que uso hoje, e fiz hoje de manhã a massa pra trabalhar amanhã. Com uma fermentação maior, fica mais leve.

SONY DSC

O que é um calzone e qual a diferença dele para uma pizza?

O calzone é uma massa de pizza fechada, e dentro pode colocar o que você gosta. Aqui fazemos o calzone típico, que é com muçarela de búfalo, presunto e provolone. Mas pode colocar o que você mais gosta, o que a casa pode oferecer. Lá na Itália fazem com salsicha, com salame, com mortadela, com presunto cru, com qualquer coisa que você gosta.

A pizza Mezza é uma exclusividade da casa. Ela é metade Marguerita e metade calzone (R$23,90)

A pizza Mezza é uma exclusividade da casa. Ela é metade Marguerita e metade calzone (R$23,90)

Na il Tempio todos os clientes recebem um couvert de bruschettas como cortesia do estabelecimento. É possível escolher o tipo de massa (tradicional ou com carvão vegetal) nos 13 tipos de pizza diferentes. A casa ainda conta com cinco tipos de entradas, quatro tipos de calzones e dois tipos de focaccias no cardápio. Na carta de vinhos, rótulos de Portugal, Chile e Argentina. O vinho tinto brasileiro pode ser apreciado em taças ao preço de R$12,90.

il Tempio Calzoneria e Pizzaria Italiana

Endereço: rua Praia de Camucim, 9004 – A. Ponta Negra.

Horário de funcionamento: quarta-feira à domingo, das 18h às 00h.

Reservas: (84) 3025-4774

Formas de pagamento: à vista, crédito e débito.

Posts Relacionados

Comentários via Facebook

Publicado pelo gastrônomo

Deixe uma resposta