Profissão da boemia: barman, bartender e garçom

SONY DSC

A arte de criar e fazer drinks é um talento que poucos dominam, apenas barmans, bartenders e alguns curiosos. Numa festa, o bar é sempre o espaço mais movimentado e frequentado pelos convidados. O garçom e barman Carlos Daniel, do restaurante Yuru, no Hotel Golden Tulip Natal Ponta Negra, tem 15 anos dedicados à profissão e revela na entrevista algumas curiosidades sobre sua profissão e o preparo das bebidas.

Carlos Daniel, garçom e barman com 15 anos de experiência

Carlos Daniel, garçom e barman com 15 anos de experiência

Qual a diferença entre garçom, barman e bartender?

O garçom tem função de servir. O barman é ligado mais aos drinks. Ele elabora os coquetéis, as caipifrutas… O bartender é basicamente a mesma coisa do barman, não tem tanta diferença, a única coisa que difere é o nome mais ‘chic’ ao cara que faz performances enquanto prepara as bebidas.

Que tipo de conhecimento vocês precisam ter para atuar na área?

Conhecer drinks em geral, tipos de bebidas, maneiras de fazer os drinks, a forma correta de utilizar as frutas, o jeito certo de cortar o limão, por exemplo, e entender os diferentes tipos de cachaças. Tudo isso é importante para que a bebida não fique azeda ou amarga, esses conhecimentos influenciam na qualidade e no preparo do que o cliente pede para beber. Os cursos no mercado duram a partir de 6 meses.

Existe alguma medida padrão ou maneira específica para obter o drink perfeito?

Olha, a maneira de conseguir isso é fazer com amor. A principal dica é você preparar por gostar de fazer aquilo. Essa questão das medidas vai muito do gosto de cada pessoa. Se você gosta de um drink mais forte ou mais leve, você pode utilizar bebidas com teor alcoólico diferente uma da outra: uma vodka, um whisky, uma cachaça.

SONY DSC

O bar é um dos locais mais disputados e movimentados numa festa

Quais drinks costumam fazer mais sucesso?

Caipirinhas e caipifrutas. Temos uma saída muito boa desses drinks e a dica é fazer com diferentes tipos de cachaças; a destilada ou a envelhecida, que são fabricadas de maneira diferente uma da outra, mudam o sabor da bebida.

Dá para fazer drinks em casa ou é complicado?

Sim, é super fácil, basta ter amor e se atentar a alguns pontos simples, como ter cuidado com o teor alcoólico, para não ficar tão forte, e também não misturar tanta coisa diferente que possa ofuscar o sabor da fruta ou o principal elemento utilizado.

SONY DSC

Posts Relacionados

Comentários via Facebook

Publicado pelo gastrônomo

Deixe uma resposta