Comida congelada é o menu da vez

Menu do dia: comida congelada

Durante muito tempo a comida congelada foi considerada por nutricionistas um tabu. Até então somente a indústria produzia e comercializava esse tipo de alimento, sendo muitas vezes processado demais ou com substâncias em grande quantidade, como o sódio. Atualmente esse cenário mudou. Pequenos produtores e empresas passaram a investir na produção de comida saudável caseira para quem deseja ter uma alimentação equilibrada mesmo com falta de tempo diante da correria do dia a dia.

Plano de refeições Eat Life vem 7 refeições e custa R$50

Com cardápio diversificado, funcional e para todos os bolsos, em Natal-RN existem diversas empresas que apostaram nesse segmento. Na Eat Life a comida é produzida semanalmente de acordo com a demanda dos clientes e sem adição de conservantes, sendo congelada após o preparo em porções de aproximadamente 200g.

Carne ao molho barbecue com feijão branco e arroz de brócolis

Quem busca praticidade e uma boa alimentação, assim como eu, pode apostar nesse tipo de alimento. Para consumir basta descongelar e aquecer em banho-maria, forno ou microondas. Apesar de congelada, a comida não tem uma alteração tão significante na textura e no sabor.

Detalhe da carne ao molho barbecue

Eu percebi que em alguns pratos o molho fica mais espesso e aderente às carnes, o feijão solta água durante o descongelamento e comidas como arroz de leite ficam líquidas demais, perdendo a cremosidade. Uma dica que acho valer a pena para evitar um pouco que isso aconteça é descongelar o produto de um dia para outro em geladeira, assim ele não sofre uma mudança tão brusca de temperatura e nem perde tanto líquido.

Acho que vale muito a pena investir nessas porções congeladas, não como algo para comer diariamente, mas para os dias com uma rotina puxada e bem corrida. A comida congelada pode ser uma grande aliada para não enfiar o pé na jaca, mas nada supera uma comida feita na hora, com nosso próprio tempero e do jeito que a gente gosta.

Posts Relacionados

Comentários via Facebook

Publicado pelo gastrônomo

Deixe uma resposta