Foie gras tem sabor peculiar e polêmico

Iguaria é servida com carne e vegetais frescos em bistrô no litoral sul do Rio Grande do Norte

O foie gras (fuá grá) é uma iguaria francesa muito apreciada na alta gastronomia. Ao mesmo tempo, é polêmico e considerado por muitos bastante saboroso. Trata-se de fígado de pato cevado, preparado com delicadeza a fim de preservar seu sabor e textura peculiar. No bistrô A Dois Cozinha & Arte, na praia da Pipa, ele é servido com filé de carne e aspargos frescos.

Foie gras sobre filé mignon e aspargos

A textura do foie gras é macia, com sabor levemente amargo e amanteigado – diferenciado. É uma carne para ser apreciada com moderação, geralmente complementa o elemento principal do prato com seu “toque especial”. Além de acompanhar carnes, como geralmente é harmonizado, pode servir-se a especialidade em saladas ou ainda em forma de verrine ou patê, para comer com torradas.

A polêmica da iguaria gira em torno de forma como ele é obtido, onde as aves são alimentadas de forma forçada nas últimas semanas antes do abate. Em 2015 uma lei municipal em São Paulo, considerada inconstitucional, chegou a proibir venda e comercialização do produto. O “maná” divide opiniões até hoje.

Polêmico, foie gras divide opiniões

No menu do A Dois, assinado pelo chef Altemar Cardoso, ainda existem preparações com aves, carnes de caça e frutos do mar. A culinária da casa tem estilo contemporâneo e adega de rótulos nacionais e importados. O restaurante funciona desde 2015 e possui atmosfera charmosa e romântica, com projeto pensado para atender casais. Vale a pena visitar.

Torta de chocolate com sorvete

A torta de chocolate com sorvete e calda de frutas vermelhas é uma boa opção de sobremesa. Achei a massa um pouco seca, mas é saborosa e lembra um brownie. Servida quente, contrasta perfeitamente com o sorvete. As amêndoas dão toque e textura maravilhosa ao doce.

A Dois Cozinha & Arte

Av. Baía dos Golfinhos, 764 (Galeria Pipa Mar)

Telefone: (84) 998 111 978

Posts Relacionados

Comentários via Facebook

Publicado pelo gastrônomo

Deixe uma resposta