Apple Day incentiva consumo de maçã no mundo inteiro

A maçã, fruta mais conhecida por estar presente na história humana desde os primórdios, agora tem o seu próprio dia: o “Apple Day”. Criado em 21 de outubro de 1990, pela Associação Common Ground, o objetivo da data é uma forma de incentivar o consumo da fruta.

Essa iniciativa fez com que diversos lugares aderissem ao movimento, assim como no Brasil. Por aqui, a maçã é uma das frutas queridinhas, presente na mesa das famílias de todo o país, pois além de muito saborosa, traz uma série de benefícios à saúde.

Fortaleza ensina rabanada com geléia de maçã caseira em seu canal no Youtube (clique aqui)

De acordo com a Associação Brasileira de Produtores de Maça (ABPM), “a maçã brasileira é sua aliada na luta contra os radicais livres! Substâncias chamadas flavonoides e polifenóis, presentes na fruta, agem no organismo impedindo a ação dos radicais livres que danificam o nosso DNA e atingem também as células sanguíneas responsáveis pela resistência a doenças. Esses antioxidantes ajudam a diminuir os danos às células sadias e retardam o envelhecimento”.

Apesar da forma mais recomendada para a saúde ser crua e fresca, que não deixa de ser uma sugestão saborosa, também existem algumas delícias feitas com o fruto. Uma boa maneira de desfrutar das propriedades gastronômicas é utilizá-la no preparo de bolos, saladas, geléias e sobremesas. A dica para introduzir a maçã in natura em suas preparações é misturar algumas gotas de suco de limão para evitar a oxidação. 

Despertei interesse pela gastronomia ainda criança. Aos 7 anos fiz brigadeiro na casa da minha avó após achar a receita numa coleção de confeitaria que eu costumava folhear escondido. Na adolescência cozinhar virou um hobby e criei o Conversa Gastronômica ainda na faculdade. Sou jornalista de formação e “gastrônomo” blogueiro de profissão.

Destaques, Noticias

Deixe uma resposta