Festival evidencia ginga e tapioca na Redinha

Ginga com Tapioca. FOTO: Canindé Soares

A ginga com tapioca, patrimônio cultural e imaterial do Rio Grande do Norte, tem um festival dedicado exclusivamente à essa iguaria regional na praia da Redinha. Em 2019 o evento chega a 3ª edição com realização neste sábado (11), a partir das 9h, no mercado público. Além de gastronomia a programação conta com atividades de esporte e lazer promovidas pela Prefeitura do Natal.

As diversas variações de pratos elaborados com a ginga vão poder ser encontradas à venda em bares, quiosques e boxes localizados na orla da praia, localizada no litoral norte da cidade. 20 cozinheiros ainda vão disputar uma competição criativa, regada a sabor e originalidade tendo como ingrediente principal o ‘peixe miúdo’. A comissão julgadora vai eleger os três melhores para receber troféu e premiação.

Entre as atividades ainda está a corrida do Maio Amarelo, aulão de hidroginástica, regata de remo costal e recreação infantil.

Ginga com Tapioca

O prato é feito a partir da combinação da goma de mandioca e coco com o pequeno peixe frito, espetado e colocado como recheio da tapioca. A criação é atribuída aos pescadores da praia da Redinha, na capital do Rio Grande do Norte. Além disso é oficialmente Patrimônio Cultural Imaterial do Estado do Rio Grande do Norte desde o dia 31 de janeiro de 2019, sendo encontrado especialmente nas praias do litoral potiguar.

Novidade

Deixe uma resposta