Festival reúne terroá do Nordeste na Paraíba

Evento acontece dias 25 e 26 de janeiro na Praia do Jacaré

Uma área de mais de 11 mil metros quadrados na Praia do Jacaré, em Cabedelo-PB, será palco de um evento que promete trazer chefs renomados para apresentar pratos com temperos e sabores únicos. O Festival Gastronômico Terroá, idealizado pela Cantaloupe, busca evidenciar o que há de melhor no Nordeste e acontecerá nos dias 25 e 26 de janeiro, das 12h às 16h.

Terroir é uma palavra francesa, sem tradução, que identifica um conjunto de características de um determinado território, que faz com que tudo que for produzido ali tenha características únicas.

O evento funciona como uma arena ao ar livre, onde pode-se degustar pratos exclusivos dos chefs e fazer um tour pelo que há de melhor no Terroá nordestino. O ambiente também conta com local para produtores artesanais, degustações, experiências, oficinas, atrações musicais, hortinhas e espaço para crianças. Os passaportes custam R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia entrada) por dia e podem ser adquiridos por meio do Sympla, basta clicar AQUI.

Chef Onildo Rocha, da Cozinha Roccia, é um dos participantes do festival

Até o momento já estão confirmadas as presenças de marcas e chefs renomados do mercado, como: Cachaça Matuta (Areia-PB), Cardume (Natal-RN), Chicama (Recife-PE), Cozinha Roccia (João Pessoa-PB), Mangai e Nau Frutos do Mar (PB, RN, SP e Brasília), O Mar Menino (Fortaleza-CE), Quintal Gastrô (João Pessoa-PB), São Braz Café (Cabedelo-PB) e Yaguara Ecológico (Taquaritinga do Norte-PE).

“Nosso objetivo com o Festival é despertar todos os sentidos dos participantes, não só com a gastronomia, mas por meio das experiências que teremos no local. Queremos que as pessoas passem o dia em um ambiente para vivenciar a música, as conversas, as cores. Já o Projeto Terroá tem um sentimento mais profundo de apresentar o que está sendo feito hoje na Paraíba e no Nordeste, mostrando a evolução dos profissionais, que renovam a gastronomia mas mantém a identidade local, recriando pratos e sabores com criatividade e técnica”, define Marina Sá, diretora da Cantaloupe.

Comentários Via facebook

Deixe uma resposta

voltar ao topo