Mercadão recifense tem gastronomia de café a hot dogs no bairro da Torre

A zona Norte de Recife dispõe de redutos gastronômicos que valem uma – ou mais de uma – visita; o Mercado da Torre, no bairro de mesmo nome, é um deles. O “mercadão” mescla operações para comer e beber numa estrutura de galpões com estilo europeu, estética industrial e facilidade de alguns serviços no mesmo local. Cafeteria, carrinho de hot dogs, boxes de comida variada e lojas de conveniência compõe o mix de estabelecimentos.

O Coffee Cube serve cafés e doces desde a abertura do mercado, em fevereiro de 2019, no Armazém Original (praça gastronômica). O box utiliza grãos da torrefação pernambucana Kaffee e quatro métodos: Koar, Aeropress, Hario V60 e o imbatível espresso.

Filtrado (R$10) no Koar (método desenvolvido em Recife), o café é passado de modo mais fluido entre coador e o filtro de papel graças aos 16 sulcos da estrutura, resultando numa bebida com cafeína equilibrada, mas ainda intensa, devido ao tempo de extração.

Ainda vale pedir o Panini (R$18) de pão de fermentação natural, presunto royale, queijo prato e uma pasta de tomate seco semelhante à sardela. Outras opções imbatíveis são o capuccino tradicional (R$12), com direito a latte art; e a cremosa Cheesecake de Frutas Vermelhas (R$15) de formato diferentão, com geleia de amora, framboesa e morango, e crumble de amêndoa, castanha do Pará, avelã, castanha de caju e nozes.

A área externa do Armazém Original, no Mercado da Torre, também conta com uma opção gastronômica sobre rodas e praça de alimentação ao ar livre. Do carrinho da FrankHaus saem hot dogs de inspiração alemã, tendo como base pão brioche ou vienne e salsichas artesanais tipo Frankfurt, com tempero suave e defumadas.

O Dog Hamburgo (R$16,90) traz um frescor adocicado para quem gosta de prato agridoce com picles de cebola roxa, pepino e ketchup de maçã; já o Chilli Cheddar (R$16,90) mescla a picância da carne moída apimentada com cheddar e toque crocante de batata palha caseira.

No Dog do Chef (R$22,90) o destaque fica por conta da maionese trufada. Entre os dogs especiais (todos a R$19,80), o Munique combina molho gorgonzola com crocante de Parma; o Viena aposta num fondue de queijo com farofa de bacon; e o Pepperoni traz o embutido com ketchup de maçã e queijo maçaricado.

O bacana da operação é a combinação de sabores traduzidas num cardápio reduzido e assertivo, com nove opções do carro-chefe a partir de R$14,90. Três variedades de batatas com ketchup de maçã, a partir de R$10, podem iniciar a refeição ou ainda compor combos com inclusão de bebida.

A FrankHaus surgiu em setembro de 2019 com formato pensado para o Mercado da Torre, mas em 2021 a marca traça planos de amadurecer o projeto e expandir o negócio. A ideia é franquear tendo um cadastro de fornecedores fixos com possibilidade de carrinho de hot dog, voltado para eventos, ou loja express que possa atender shoppings e rua.

FrankHaus planeja franquear modelo. FOTO: Luisi Marques

Ainda estão localizadas no Mercado da Torre o Ponto do Açaí (açaí, crepes e wafles), sorveteria La Glace, Anka Sushi, steakhouse Tablero, hamburgueria Speck, pizzaria Tomassa, a loja de carnes Universo da Carne e o empório/minimercado Portus Delicatessen. O local tem 5.700m², estacionamento e serviço de manobrista.

Mercado da Torre

Rua José Bonifácio, 747. Torre. Recife-PE

@coffecubebr

@frankhaus_br

Comentários Via facebook

Deixe uma resposta

voltar ao topo