Entenda a diferença de Pâtisserie e Pasticceria

A hora da sobremesa é um dos rituais mais aguardados numa refeição, sendo considerada por muitos a “melhor parte”. A doçaria, de fato, chama muito a atenção e aguça nosso paladar em meio à texturas, cores, aromas e sabores diversos. A Europa merece destaque nesse meio, tendo a França como berço da confeitaria, onde técnicas milenares e receitas-base imperam a gastronomia mundial até os dias de hoje.

A Pâtisserie Francesa é um ramo da gastronomia especializado em doces e bolos. Como na França existe a Boulangerie, que são casas que vendem exclusivamente o pão, as pâtisseries comercializam sobremesas como mil folhas, éclair, macarons, flan, fraisier e saint honoré.

A confeitaria na França é rica em preparações à base de leite, gemas e massas leves, com poucos ingredientes e adição de frutas ou algum elemento para saborizar o preparo, como a baunilha. Para ser considerada pâtisserie ainda é necessário que exista um profissional licenciado chamado de mâitre pâtissier.

Na Itália a confeitaria vai além do clássico Tiramisú e ganha um nome original: Pasticceria. O creme de confeiteiro, típico da pâtisserie, é utilizado como recheio de cannolli, zeppole e bomboloni – também conhecido como sonho na confeitaria do Brasil.

A Pasticceria Italiana ainda aprimorou boa parte das técnicas da França, berço da confeitaria mundial. A panna cotta, por exemplo, é um creme cozido e saborizado servido gelado, geralmente acompanhado de calda de frutas. Essa junção de elementos regionais e massas doces com receitas da pâtisserie é uma forte característica da pasticceria.

Destaque, Especiais

Deixe uma resposta