Sabores de Pernambuco no Oficina

Olinda tem história, encanto e sabores. A cidade pernambucana é um Patrimônio Cultural que ostenta quase cinco séculos de existência sobre uma colina repleta igrejas e notável vista para a cidade do Recife. Entre os casarões, a Oficina do Sabor, no bairro do Amparo, revoluciona a gastronomia local com adição de frutas e ervas aos pratos regionais desde 1992. O chef César Santos é o responsável pela ousadia, considerado embaixador da culinária pernambucana.

O restaurante serve preparações criativas e sofisticadas em ambientação rica em arte popular, das toalhas de mesa ao adornos; tudo isso distribuído no ambiente interno, climatizado, e uma varanda arejada. Pastel de Camarão – com geléia de uva e Jerimum Frevoé – com camarão e lagosta ao molho de maracujá e arroz de coco, são algumas especialidades que disputa atenção da clientela ao lado de clássicos como a Charque à moda do Chef – com purê de macaxeira, farofa de jerimum e cheiro-verde.

As boas-vindas com direito à brinde frutado fica por conta da Caipirosca (a partir de R$12), Mentirosca – sem álcool (R$9) ou ainda Dry Cajá – com vodka, cointreau, St. Remy e sumo da fruta (R$22).

Baião de Dois mergulhado no litoral Pernambucano (R$198)

Uma boa pedida para começar é o Mix do Chef, uma espécie de couvert mais diverso e cheio de personalidade. Comece pelo caldo do dia, como de costume por todo bom pernambucano. Em seguida vale atirar-se e experimentar um pouco de tudo: filé de agulha frito, queijo coalho com ervas, bolinhos de charque e de bacalhau, mexilhões gratinados com parmesão, risoles de queijo provolone e ainda pasta de berinjela com torradinhas.

O Baião de Dois mergulhado no litoral Pernambucano é uma opção interessante para dividir como prato principal. Bem servido, o arroz e o feijão são puxados no leite de coco com lagosta, camarão, polvo, lula, peixe e queijo coalho. Serve fácil duas ou três pessoas.

Camarão à Vita (R$96)

A casa integra o time de restaurantes da Associação da Boa Lembrança, onde anualmente uma receita é criada para que ao fim da refeição o cliente receba um prato colecionável de cerâmica. No ano de 2019 é vez do Camarão à Vita, com elementos que remetem à infância e adolescência do Chef César Santos, além de prestar homenagem à sua mãe.

Salteado em azeite, o crustáceo é flambado em conhaque e servido com redução à base de café e vinho branco. O DNA pernambucano se faz presente na guarnição, uma versão salgada de bolo Souza Leão, releitura de uma das receitas mais tradicionais da doçaria familiar do Estado. Tomate, castanha de caju e cheiro-verde finaliza a prato inovador, de característica equilibrada e sabor memorável.

Sabores de Pernambuco (R$38)

O Souza Leão reaparece nos Sabores de Pernambuco, dessa vez em sua versão original: doce. Essa sobremesa faz um passeio pela história do lugar e relembra o ciclo agrário da economia baseada na cana-de-açúcar. Além do bolo, cartola, baba de moça, sorvete de tapioca e bolo de rolo também compõe a preparação.

Oficina do Sabor

Rua do Amparo, 335. Amparo. Olinda-PE

Funcionamento: terça a sexta-feira das 11h30 às 17h para almoço e 18h30 às 00H para jantar; sábado das 11h30 às 00h; domingo as 11h30 às 17h.

Telefone: +55 (81) 3429 3331

*Escrito em parceria com a Oficina do Sabor

Restaurantes

Deixe uma resposta